Títulos Públicos Federais

O investimento mais seguro do país.

Acessibilidade

É possível adquirir uma fração de título com um baixo investimento inicial.

Liquidez Diária

A recompra é garantida diariamente pelo Tesouro Nacional.

Risco Baixo

Todos os títulos são garantidos pelo Governo Federal.

Os títulos públicos são ativos de renda fixa que possuem a finalidade de captar recursos para o financiamento da dívida pública e financiar atividades do Governo Federal, como educação, saúde e infra-estrutura.

Por ser um investimento em ativos garantidos pelo governo brasileiro, o risco é considerado muito baixo. Quem aplica nesses títulos também tem a vantagem de escolher a forma como será remunerado e o prazo, com títulos pré ou pós-fixados de curto, médio ou longo prazo. Isso significa que você pode comprar um ativo já sabendo quanto receberá ao fim do investimento, para os pré-fixados; ou comprar um título que atualize o valor a ser pago no fim da aplicação através de índices financeiros de inflação ou juros, para os índices pós-fixados.

Veja as características dos títulos disponíveis no mercado:

Título Nome Tipo Taxa
LTN Tesouro Prefixado Pré-fixado Juros + Principal no Vencimento
NTN-F Tesouro Prefixado com Juros Semestrais Pré-fixado Juros semestrais e Principal no vencimento
LFT Tesouro Selic Pós-fixado Juros + Principal no vencimento
NTN-B Tesouro IPCA + com Juros Semestrais Pós-fixado Juros semestrais e Principal no vencimento
NTN-B Principal
(“Negociada apenas no Tesouro Direto.”)
Tesouro IPCA+ Pós-fixado Juros + Principal no Vencimento

Mercado de Balcão (SELIC):

    Custo zero. Na ATIVA Investimentos ao comprar títulos públicos através do mercado de balcão (SELIC) você fica isento da taxa de custódia e administração.


Tesouro Direto:

Taxa de Custódia:

  • taxa de custódia da BM&FBOVESPA, de 0,30% ao ano sobre o valor dos títulos, é cobrada semestralmente, no primeiro dia útil de janeiro ou de julho, ou no pagamento de juros, venda ou vencimento do título, o que ocorrer primeiro. Essa taxa será provisionada diariamente a partir da liquidação da operação de compra (D+2).

  • Se a soma do valor da taxa de custódia da BM&FBOVESPA e da taxa do Agente de Custódia for inferior a R$10,00, o valor das taxas será acumulado para a cobrança no semestre seguinte.

Taxa de Administração:

  • no 1º ano a taxa de administração cobrada pela a ATIVA é de 0,10% e o débito acontece no ato da compra do título, independente do período da aplicação. A partir do 2º ano a taxa de administração é diluída ao longo do ano vigente. Clique aqui para mais informações sobre as taxas do Tesouro Direto.

  • As compras feitas antes de 06/04/2009 continuam com a regra anterior de cobrança das taxas, ou seja, na venda, ou no pagamento de juros, ou no encerramento da posição do investidor. Porém, a partir dessa data, o investidor também será beneficiado com a redução da taxa utilizada no cálculo diário sobre compras feitas há mais de um ano, que passa de 0,40% para 0,30% ao ano.

Mercado de Balcão (SELIC):

VIA HOME BROKER


O cliente precisa aderir o termo de renda fixa através do Home Broker no caminho: Menu > Adesão > Aceite Renda Fixa.
Para aplicações basta acessar o seguinte caminho: Menu > Renda Fixa > Títulos Disponíveis/Aplicação. Selecione o ativo desejado no menu da janela e clique no botão aplicar.

VIA ATENDIMENTO

O cliente pode solicitar a aplicação através do canal de atendimento ou através do seu assessor.Horário limite para aplicação até às 15h.


Liquidação: Poderá ocorrer em até D+1.

Tesouro Direto:

VIA HOME BROKER

O cliente precisa aderir o termo de Tesouro Direto através do Home Broker no caminho: Menu > Adesão > Tesouro Direto. Selecione o ativo desejado no menu da janela e clique no botão aplicar.

VIA SITE DO TESOURO

O cliente pode aplicar através do site do Tesouro Direto. Clique aqui para acessar.

Informações importantes para aplicações no Tesouro Direto

  • Em até 24 horas, o acesso é liberado para que você compre e venda seus títulos pelo Home Broker.

  • As compras podem ser feitas a qualquer hora do dia. Devem seguir o mínimo de 0,01 título por operação, em compras com volume máximo de R$ 1 milhão por mês.

  • O reinvestimento automático, compras programadas, agendamento de venda, disponíveis a partir de 02/06/2012, devem ser feitos através do site do Tesouro Direto ou pelo Home Broker.

  • A confirmação da compra é imediata, e o valor deve ser pago no dia útil seguinte (D+1).

  • O ativo só entra definitivamente na sua conta dois dias úteis após a compra (D+2), por isso, a venda do papel não pode ser feita no mesmo dia ou no dia seguinte à compra.

  • Para garantir que você possa receber o dinheiro pelo investimento sem precisar encontrar um investidor interessado em comprar seus ativos, o Tesouro Nacional garante a recompra do papel.

  • Todos os dias, a partir de 18h até as 5h da manhã do dia seguinte, você poderá revender seus títulos. Quando houver reuniões do Copom (Comitê de Política Monetária), a recompra poderá ser suspensa. Assim como na compra, o preço unitário já é pré-definido e será proporcional à quantidade de ativos que você quiser vender.  

O que é o PU?

  • É a sigla para preço unitário, o valor de cada título. Esse preço é pré-determinado e varia de acordo com cada título, suas as taxas e prazos. Como você pode comprar uma fração de um título, o preço unitário não é o menor valor de investimento em títulos públicos, apenas o valor padrão para negociações.

O que é Tesouro Direto?

  • O Tesouro Direto é um sistema criado para permitir ao investidor pessoa física a negociação de títulos públicos pela internet. É um investimento de Renda Fixa e uma boa opção para quem busca rentabilidade próxima ao CDI com baixo risco.

O que é SELIC?

  • O Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic), do Banco Central do Brasil, é um sistema informatizado que se destina à custódia de títulos escriturais de emissão do Tesouro Nacional, bem como ao registro e à liquidação de operações com esses títulos. A administração do Selic e de seus módulos complementares é de competência exclusiva do Demab e o sistema é operado em parceria com a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima).

Quais títulos posso comprar?

  • Estão disponíveis para compra os seguintes títulos:

  • Tesouro Selic (LFT): É um título com rentabilidade diária vinculada à taxa de juros básica da economia (taxa Selic). O resgate do principal e dos juros ocorre no vencimento do título.

  • Tesouro Pré-Fixado (LTN): É um título com rentabilidade definida no momento da compra, com o resgate do valor do título na data do vencimento do mesmo. Cada título é adquirido com deságio e possui o valor de resgate de R$ 1.000,00, no vencimento.

  • Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B): É um título com a rentabilidade vinculada à variação do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), acrescida de juros definidos no momento da compra. O pagamento dos juros é semestral e o resgate do valor nominal atualizado ocorre na data de vencimento do título.

  • Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal): É um título com a rentabilidade vinculada à variação do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), acrescida de juros definidos no momento da compra. Não há pagamento de cupom de juros semestral e o resgate do valor nominal atualizado ocorre na data de vencimento do título.

  • Tesouro Pré-Fixado com Juros Semestrais (NTN-F): É um título com a rentabilidade definida, acrescida de juros definidos no momento da compra. O pagamento dos juros é semestral e o resgate do principal ocorre na data de vencimento do título.

Quem pode comprar títulos no Tesouro Direto?

  • Todos os residentes no Brasil que possuam Cadastro de Pessoa Física-CPF e sejam cadastrados em alguma das Instituições Financeiras habilitadas a operar no Tesouro Direto.

Importante:
O investimento em títulos públicos é considerado de baixo risco, ainda assim, como toda aplicação financeira, o Tesouro Direto também tem riscos. O primeiro risco é o de crédito, que é a probabilidade de o devedor, no caso, o governo federal, não honrar a dívida. Atualmente esta possibilidade é considerada pouco provável, o que torna o título público um dos investimentos mais conservadores e seguros. Outro risco é o de liquidez, que corresponde à capacidade de transformar o título em dinheiro antes do vencimento. Em relação a este risco, o Tesouro Nacional, garante a recompra semanal dos títulos todas as quartas-feiras. E por último, o risco de mercado, que tem a ver com a variação do preço do título público.
Os títulos públicos são marcados a mercado, o extrato/saldo do investidor reflete o preço de mercado dos títulos. Desta forma, havendo queda nos preços negociados no mercado, o saldo do investidor cairá. Por outro lado, se houver valorização do título, o saldo do investidor irá se elevar. O Tesouro Nacional não pode afirmar se o investidor obterá ganho ou perda financeira no caso de venda antecipada, dependerá das condições de mercado na referida data. Entretanto, se o investidor "carregar" os títulos de sua carteira até a data de vencimento, receberá o valor correspondente à rentabilidade bruta pactuada no momento da compra. Entre os títulos públicos ofertados, o investidor deve escolher aqueles cujas características sejam compatíveis com o seu perfil.
Os títulos públicos ofertados no Tesouro Direto não são todos iguais, e podem ter comportamentos diferentes quanto à variação de mercado num mesmo período. Isto quer dizer que em determinado momento, pode ser mais vantajoso comprar um título do que outro. Por isso, é muito importante você conhecer as características de cada título oferecido no Tesouro Direto. Recomendamos a leitura da seção Descubra seu Perfil, no site do Tesouro Direto, onde você poderá obter informações detalhadas sobre cada tipo de título.
Títulos públicos não possuem garantias contra perdas e não contam com a cobertura do Fundo Garantidor de Crédito – FGC.

ESTA INSTITUIÇÃO É ADERENTE AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA ATIVIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS DE INVESTIMENTO NO VAREJO

Telefones

Capitais e Regiões Metropolitanas 4007 2447

Demais Regiões 0800 285 0147

Ouvidoria: 0800 282 9900

Onde Estamos

Rio de Janeiro (21) 3515-0200

São Paulo (11) 4950-7200

Curitiba (41) 3075-7400

Porto Alegre (51) 3017-8707

Belo Horizonte (31) 3025-0601

Goiânia (62) 3270-4100

Topo

A comunicação através da rede mundial de computadores esta sujeita a interrupções de sistemas, problemas oriundos de falhas e/ou intervenções de qualquer prestador serviços de comunicação ou de outra natureza, e, ainda,de falhas na disponibilidade e acesso ao sistema de operações e em sua rede, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou recepção de informação atualizadas, nos termos da instrução 380 da CVM. Na impossibilidade dos serviços de transmissão de ordens à ATIVA, por qualquer conexão automatizada ou plataforma de negociação, o CLIENTE poderá entrar em contato diretamente com a Central de Atendimento da Corretora, para transmitir suas ordens, sem qualquer custo adicional.

Selo Anbima Selo Boa Companhia
Selo CETIP Selo Execution Broker Selo Retail Broker
© 2016 - ATIVA Investimentos - Todos os direitos reservados. POLÍTICAS DO SITE E DE NEGOCIAÇÃO