Mercados de Ações e Futuros

Conheça os produtos da BM&FBovespa.

Adote Novas Estratégias

Acompanhe o rendimento dos melhores segmentos da Bolsa.

Adquira Fundos de Índice (ETFs) e tenha uma carteira de ações de diferentes companhias.

Redução de Custos

Compre uma cesta de ações e economize com uma única operação.

Diversificação

Com a exposição a diversas ações você minimiza o risco de perda com a diluição dos seus investimentos.

Eficiência

Os fundos de índice têm, na média, taxas de administração inferiores aos fundos de investimento. Saiba como entrar nesse mercado e potencializar seus investimentos.

É uma comunhão de recursos destinado à aplicação em carteira de ativos financeiros que vise refletir as variações e rentabilidade de um índice de referência, por prazo indeterminado e suas cotas são negociadas em Bolsa da mesma forma que as ações.

Você aplica em vários ativos de uma só vez, diversificando e diminuindo o risco dos investimentos. As cotas desses fundos, que também são conhecidos como ETFs (Exchange Traded Funds) podem ser compradas e vendidas via Home Broker, por isso você consegue receber o lucro da operação com mais agilidade do que em fundos de investimento.

No Brasil, os fundos de índices são investimentos em carteiras teóricas que têm a função de medir o desempenho de determinados segmentos da BM&FBovespa. Dentre os índices temos, por exemplo, um que mede as empresas mais líquidas e representativas da Bolsa; as menos representativas, mas promissoras; e os setores de consumo e imobiliário. Os fundos de índices têm seus próprios códigos de negociação: quatro letras em referência ao nome do fundo e o número 11*. Veja os principais na lista abaixo:

* Alguns ativos com código de negociação terminado em 11, contudo, podem referir-se a outros tipos de títulos.

BOVA11 – A rentabilidade do fundo acompanha o Índice Bovespa, principal índice que mede as ações mais negociadas na bolsa brasileira.

PIBB11 – Acompanha os rendimentos da carteira do Índice Brasil 50, o IBrX-50, que reúne as 50 ações mais negociadas na BM&FBovespa.

BRAX11 – Segue o retorno de investimento feito na carteira do Índice Brasil, o IBrX-100, que contabiliza as 100 ações mais negociadas na BM&FBovespa.

MILA11 – Associado ao índice MidLarge Cap, é o fundo que tem rendimento atrelado à performance das companhias que somam 85% dos maiores Valores de Capitalização das empresas listadas na BM&FBovespa.

SMAL11 – É o fundo de índice que acompanha as ações de companhias com os menores valores de capitalização da BM&Bovespa. O índice Small Cap, que mede a rentabilidade dessas ações, representa 15% da soma dos Valores de Capitalização de todas as empresas listadas na BM&FBovespa.

CSMO11 – A performance do segmento de comércio é o objetivo do investimento neste Fundo de Índice BM&FBovespa de Consumo, que envolve as ações de mais liquidez nos setores de consumo cíclico e não-cíclico.

MOBI11 – Criado para buscar rentabilidade similar ao Índice BM&FBovespa Imobiliário, o fundo acompanha as ações de mais liquidez da construção civil, intermediação imobiliária e exploração de imóveis.

Você decide o preço máximo que pretende pagar na compra dos ETFs ou o preço mínimo que aceita receber na venda.

Os ETFs têm suas cotas negociadas diretamente em bolsa, com oscilação que segue a variação do índice de referência. A negociação destas cotas tem custos similares aos de operações com ações.

  • Corretagem:

    Home Broker/Mobile (por ordem executada)
    Lote padrão: R$ 15,00
    Lote fracionário: R$ 15,00
    Day Trade Bovespa: R$ 10,00

    Mesa de Operações:
    A taxa de corretagem é: R$ 25,21 + 0,50% sobre o volume financeiro da operação, respeitando o valor mínimo de R$ 40,00 sobre o dia.

  • ISS:

    O imposto sobre serviço é um percentual cobrado sobre o valor da taxa de corretagem, de acordo com o estado onde o cliente mora.

  • Custos Operacionais:

    A BM&FBovespa cobra taxas de liquidação e emolumentos sobre o valor de cada operação. As taxas são percentuais, de acordo com o tipo de investidor e de operação.

Mercado à vista Emolumento Liquidação Registro Total
Pessoas físicas e demais investidores 0,0050% 0,0275% - 0,0325%
Fundos e Clubes de Investimento 0,050% 0,0200% - 0,0250%
Day-trade (para todos os investidores) 0,070% 0,0180% - 0,0250%
  • Taxa de Custódia:

    O cliente ATIVA é isento da taxa de custódia mensal cobrada pela BM&FBovespa em todos os meses em que gerar R$ 350,00* de corretagem pela mesa e/ou Home Broker. O cliente também é isento caso faça R$ 30,00 ou mais em corretagem através do Home Broker.

    Nos meses em que não alcançar esse valor, mas mantiver custódia, a taxa é cobrada. São R$ 9,80, debitados da conta depósito.

    *O cálculo da corretagem considerará a média dos últimos três meses.

  • Taxa Sobre Valor em Custódia:

    Se sua custódia vale R$ 300.000,00 ou mais, a BM&FBovespa faz a cobrança da Taxa Sobre Valor em Custódia. Na ATIVA, você está isento desta taxa, que é percentual e varia de acordo com o seu total de ações e ETFs.

O investimento em fundos de índices pode ser feito pela internet, através do Home Broker, ou ligando para a Mesa de Operações.

No Home Broker, envie sua ordem de compra ou de venda informando o código do fundo, a quantidade e o preço que deseja pagar, na compra; ou receber, na venda. Assim que houver ofertas de venda compatíveis com a sua ordem de compra (ou vice-versa), o negócio é fechado.

As operações com fundos de índices têm liquidação em três dias úteis (D+3). Para o vendedor, isso significa que o valor pode ser usado no mesmo dia para fazer novas operações em bolsa, mas só estará creditado no terceiro dia útil após a venda, quando poderá ser retirado para a conta bancária.

Para o comprador, a liquidação também acontece em D+3, porém o valor fica provisionado imediatamente para garantir o pagamento da operação.

  • Como faço para resgatar a minha aplicação em fundos de índices?

    Os fundos de índices não permitem resgate do valor investido, como acontece com os fundos de investimento. Para ter o valor da aplicação em sua conta, você deve vender as cotas que possui. O crédito será feito em três dias úteis (D+3), conforme as regras de liquidação das operações com fundos de índices.

  • Posso enviar ordens stop ou start para iShares?

    Sim. As ordens programadas de compra ou venda também valem para os fundos de índices.

  • Quando compro cotas de fundos de índices, significa que estou distribuindo meu investimento em todas as empresas que o índice investe?

    Sim. É uma forma mais simples e barata de comprar todas as ações que compõem o índice em questão.

  • Um ETF é mais rentável do que as ações que fazem parte dele?

    A rentabilidade de um ETF deve ser muito próxima a das ações que fazem parte dele, se compradas individualmente. Porém, como nos ETFs você compra uma cesta de ações de uma só vez, você reduz suas despesas com corretagem e por isso os custos são bastante inferiores.

  • O que é feito com os dividendos pagos pelas empresas?

    Todos os dividendos eventualmente pagos pelas empresas que fazem parte da composição dos ETFs iShares ou quaisquer outros tipos de direitos sobre as ações, são reinvestidos nas próprias cotas do fundo. O investidor sempre terá direito a 100% de quaisquer direitos pagos pelas empresas que fizerem parte da carteira do fundo.

  • É possível fazer Day Trade do mesmo jeito que faço com outras ações?

    Sim. O Day Trade é a operação de compra e venda de papéis na Bolsa de Valores no mesmo dia. Como o tratamento dispensado aos ETFs iShares é semelhante ao de ações, é possível fazer Day Trade.

  • Qual o investimento mínimo para começar a aplicar em ETFs?

    O investimento mínimo para adquirir cotas de um ETF no mercado secundário corresponde ao lote padrão de negociação na BM&FBovespa, ou seja, 10 (dez) cotas do fundo, multiplicado pelo preço da cota na Bolsa. Dependendo do valor da cota, com aproximadamente R$ 200 você já pode investir em ETFs.

Importante:
Os ETFs estão na classe de investimentos chamada renda variável, característica por apresentar mais risco de variação no valor aplicado e maior potencial de rentabilidade. É uma aplicação que só deve ser procurada por investidores com perfil moderado a agressivo. Há semelhanças nos potenciais ganhos e riscos em investimentos em ações. Antes de investir em um ETF é preciso conhecer qual segmento este representa e quais são as perspectivas e a quais riscos específicos aquele setor está submetido. Pelas incertezas do mercado de renda variável, só invista em ETFs pensando no longo prazo. Assim suas aplicações terão tempo de se recuperar de uma eventual crise.

Fundos de Índice não contam com garantia de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do fundo garantidor de créditos - FGC. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura.

ESTA INSTITUIÇÃO É ADERENTE AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA ATIVIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS DE INVESTIMENTO NO VAREJO

Telefones

Capitais e Regiões Metropolitanas 4007 2447

Demais Regiões 0800 285 0147

Ouvidoria: 0800 282 9900

Onde Estamos

Rio de Janeiro (21) 3515-0200

São Paulo (11) 4950-7200

Curitiba (41) 3075-7400

Porto Alegre (51) 3017-8707

Belo Horizonte (31) 3025-0601

Goiânia (62) 3270-4100

Topo

A comunicação através da rede mundial de computadores esta sujeita a interrupções de sistemas, problemas oriundos de falhas e/ou intervenções de qualquer prestador serviços de comunicação ou de outra natureza, e, ainda,de falhas na disponibilidade e acesso ao sistema de operações e em sua rede, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou recepção de informação atualizadas, nos termos da instrução 380 da CVM. Na impossibilidade dos serviços de transmissão de ordens à ATIVA, por qualquer conexão automatizada ou plataforma de negociação, o CLIENTE poderá entrar em contato diretamente com a Central de Atendimento da Corretora, para transmitir suas ordens, sem qualquer custo adicional.

Selo Anbima Selo Boa Companhia
Selo CETIP Selo Execution Broker Selo Retail Broker
© 2016 - ATIVA Investimentos - Todos os direitos reservados. POLÍTICAS DO SITE E DE NEGOCIAÇÃO