Mercados de Ações e Futuros

Conheça os produtos da BM&FBovespa.

Termo é um contrato para a compra de ações a um valor, num prazo determinado no ato dessa compra.

Proteção de Preço

Assegure o preço de compra de uma ação em uma data futura por um valor predeterminado no presente.

Alavancagem

Possibilidade de ganhar mais, assumindo posições superiores à disponibilidade financeira depositada para cobrir eventuais variações de preço.

Geração de Caixa

Para o investidor que precisa de dinheiro no curto prazo sem se desfazer de sua carteira, utilize o termo para vender seu papel à vista e recomprá-lo através do financiamento a termo.

As operações a Termo são um tipo de financiamento para compra de ações.

O comprador se torna dono da ação imediatamente, mas o pagamento será feito em uma data futura, acordada entre o comprador e o vendedor no momento da abertura da operação. Em troca de adiar o pagamento, o vendedor do termo receberá uma taxa. Embora tenha que esperar mais para ser remunerado por suas ações, o vendedor receberá um valor maior do que o da venda à vista.

Quem compra a termo paga mais do que o preço de mercado da ação, mas garante a oportunidade de negócios antes de ter o valor disponível para a compra. É uma operação vantajosa para quem acredita que a valorização do papel será maior do que a taxa paga pelo prazo da operação. Para o vendedor, esta é uma forma de remunerar sua carteira mitigando o risco de mercado.

Qualquer ação pode ser comprada a termo, conforme o acordo entre o vendedor e o comprador. O prazo e a taxa também dependem do que for estabelecido entre os dois. O negócio é feito pela Mesa de Operações, que busca a melhor taxa de acordo com a sua estratégia.

O custo das operações a termo depende do acordo entre comprador e vendedor, por isso, entre em contato com a sua Mesa de Operações para saber o custo deste tipo de financiamento.

As operações a termo são feitas pela Mesa de Operações.

Para comprá-las é preciso ter garantias que comprovem condições financeiras para liquidar a operação ao final do contrato. A garantia pode ser dada em dinheiro, ações ou outros títulos. Uma vez que a operação seja concluída e que a compra esteja quitada, as garantias são devolvidas para o comprador.

De acordo com a estratégia, o operador irá te ajudar a conseguir taxa e prazo que permitam maximizar o retorno de acordo com seus objetivos.

As vendas de ações a termo são feitas, geralmente, por investidores institucionais.

  • Quando ganho e quando perco nas operações a Termo?

    O comprador de ações a Termo espera aproveitar a oportunidade de um preço de compra, mesmo sem poder pagar por elas imediatamente. A compra é feita acreditando na tendência de que o preço das ações se valorize até o pagamento, a ponto de superar o custo do financiamento. Você ganha quando o lucro na operação de compra e venda das ações for superior ao preço do financiamento.

  • Quando pago as taxas de operação? Elas também podem ser financiadas a Termo?

    As taxas de operação e corretagem não podem ser financiadas, por isso, a cobrança é feita através da nota de corretagem, no dia da liquidação da operação.

  • Posso comprar ações de uma oferta pública a Termo?

    Não. As operações a Termo são feitas apenas com ações já negociadas em Bolsa e não envolvem o lançamento de ações (IPO).

Importante:
Trata-se de uma modalidade de investimento que não conta com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito – FGC.

Para o financiado, ou seja, o cliente que compra o termo, existe o risco de queda do papel, sendo necessário o aporte de margens adicionais. Para o financiador, ou seja, cliente que vende o termo, não existe risco, pois a operação é garantida pela bolsa. É aconselhável que o investidor não dependa do recurso aplicado para gastos imediatos e que tenha um horizonte de investimento de médio e longo prazo, quando eventuais desvalorizações são passíveis de serem revertidas. A operação a Termo pode alavancar muito a posição do investidor, gerando assim um risco considerável, caso o mercado vá contra a estratégia do investidor, de perda de todo patrimônio alocado na margem de garantia depositada além de margem adicional depositada. É indicado para investidores com perfil agressivo.

ESTA INSTITUIÇÃO É ADERENTE AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA ATIVIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS DE INVESTIMENTO NO VAREJO

A comunicação através da rede mundial de computadores esta sujeita a interrupções de sistemas, problemas oriundos de falhas e/ou intervenções de qualquer prestador serviços de comunicação ou de outra natureza, e, ainda,de falhas na disponibilidade e acesso ao sistema de operações e em sua rede, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou recepção de informação atualizadas, nos termos da instrução 380 da CVM. Na impossibilidade dos serviços de transmissão de ordens à ATIVA, por qualquer conexão automatizada ou plataforma de negociação, o CLIENTE poderá entrar em contato diretamente com a Central de Atendimento da Corretora, para transmitir suas ordens, sem qualquer custo adicional.